"Il faut que je voie mon cousin."

Tradução:É preciso que eu veja o meu primo.

June 25, 2016

7 Comentários


https://www.duolingo.com/ElGusso

Não entendo por que "eu tenho que ver o meu primo" não é aceito ?!? Em francês (minha lingua maternal), "Il faut que je + verbe au subjonctif" e "Je dois + infinitif" têm o mesmo significado virtualmente !

Há uma diferença em português ? (uma diferença verdadeira, não uma nuance)

August 15, 2016

https://www.duolingo.com/choracavaco

Você está certo, sua sugestão corresponde ao que se diria naturalmente numa conversa informal. Desse ponto de vista, corresponde melhor à construção com "il faut + subjonctif".

April 19, 2017

https://www.duolingo.com/LeandroBNM

O intuito da frase não é de fato, traduzir corretamente todas as expressões que as pessoas colocam. Eles controlam isso com um computador, que corrige as respostas e, portanto, as mesmas devem ser traduções quase que literárias. O objetivo aqui, no entanto, é que as pessoas pratiquem e saibam usar o subjuntivo. Por conseguinte, acredito que traduzir como : Eu tenho que ver o meu primo não faz de fato, muito sentido.

April 12, 2017

https://www.duolingo.com/Gitirana

Acho que o objetivo é "que as pessoas pratiquem e saibam usar o subjuntivo", neste caso, em FRANCÊS, pq, em português, supõe-se que saibam perfeitamente, sendo nativas da língua. Não é porque a construção é usada em francês com uma estrutura que exige subjuntivo ("é preciso que" + Subjuntivo), que ela deva ser traduzida ao pé da letra, com uma estrutura que NÃO OCORRE espontaneamente em português. Isso é coisa de máquina, e deve ser corrigido pelos operadores humanos. A ideia expressa em francês se traduz, para português nativo, com maior probabilidade como "preciso ver meu primo"... "É necessário eu ver meu primo" é um tanto artificial, talvez só "empostado" demais, e "é necessário que eu veja meu primo" me parece bem artificial, ou MUITO piegas, e não me parece que o objetivo do curso seja fazer equivalência de uma frase comum numa língua e uma artificial , na outra... A boa tradução deve observar um dos aspectos do signo, que é sua conotação, as mensagens acessórias, além da denotação básica, e o REGISTRO (formal, informal, etc), nesse aspecto, é fundamental.

September 30, 2018

https://www.duolingo.com/PHScanes

Em português há uma diferença significativa... a subjetividade, enfim...

"é necessário que eu veja para que" - condicional
"eu preciso ver" - não é condicional, é um desejo, uma necessidade

March 6, 2017

https://www.duolingo.com/AvgSpeakEn

Não há nenhuma, reporte para ser aceita a tua resposta.

August 18, 2018

https://www.duolingo.com/Gitirana

Acho que o objetivo é que as pessoas pratiquem e saibam usar o subjuntivo, neste caso, em FRANCÊS, pq, em português, supõe-se que saibam perfeitamente, sendo nativas da língua. Não é porque a construção é usada em francês com uma estrutura que exige subjuntivo ("é preciso que" + Subjuntivo), que ela deva ser traduzida ao pé da letra, com uma estrutura que NÃO OCORRE espontaneamente em português. Isso é coisa de máquina, e deve ser corrigido pelos operadores humanos. Você está certo, ao propor a tradução "Tenho que ver o meu primo". A ideia expressa em francês se traduz, para português nativo, com maior probabilidade, como você propôs, ou como "Preciso ver meu primo"... "É necessário eu ver meu primo" é um tanto artificial, e "é necessário que eu veja meu primo" me parece bem artificial, ou MUITO piegas, e não me parece que o objetivo do curso seja fazer equivalência de uma frase comum numa língua e uma artificial , na outra... A boa tradução deve observar um dos aspectos do signo, que é sua conotação, as mensagens acessórias, além da denotação básica, e o REGISTRO (formal, informal, etc), nesse aspecto, é fundamental.

September 30, 2018
Aprenda Francês em apenas 5 minutos por dia. De graça.