"Cet homme a peur du changement."

Tradução:Esse homem tem medo da mudança.

September 2, 2016

9 Comentários


https://www.duolingo.com/profile/oliveiro55

porque não (de changement)

November 19, 2016

https://www.duolingo.com/profile/choracavaco

Porque, qualquer que seja o gênero, o francês pede a presença de um artigo:

  • "Nous avons peur de LA violence" = Nós temos medo de/da violência;
  • "L'enfant a peur DU (de + LE) noir" = A criança tem medo de/do escuro.
May 20, 2017

https://www.duolingo.com/profile/oliveiro55

choracavaco,merci,esses artigos sempre me confudiram e sua explicação foi a chave que eu estava procurando para o entendimento, valeu !

May 20, 2017

https://www.duolingo.com/profile/strangrish

Não poderia ser "mudanças"? Porque "esse homem tem medo de mudança" fica meio estranho em português.

December 9, 2017

https://www.duolingo.com/profile/Estudando_12

Hoje, dia nove de maio de dois mil e dezenove, o sistema aceitou a resposta "Esse homem tem medo de mudança".

A minha dúvida é: esta frase deveria ter sido considerada correta?

Se, em francês, o artigo utilizado é du, não se trata de uma mudança específica?

Ou seja, não é apenas a solução "Esse homem tem medo da mudança" que deveria ser validada?

May 9, 2019

https://www.duolingo.com/profile/Dezo_

Em francês não há essa distinção, o artigo é obrigatório de qualquer forma. Então tanto "de mudança" (geral) ou "da mudança" (específica) são válidos como tradução.

Caso não houvesse substantivo, a situação seria diferente. Ex.: Cet homme a peur de changer.

É uma situação semelhante aos verbos de apreciação. Ex.: J'aime le vin (pode ser Eu gosto do vinho ou Eu gosto de vinho).

May 10, 2019

https://www.duolingo.com/profile/Estudando_12

Compreendo, Dezo, todavia, ainda restou uma dúvida:

Eu li, no outro tópico, que a obrigatoriedade do artigo é para fobias em geral.

Ou seja, a regência do substantivo abstrato peur é com a contração de preposição e artigo.

Se for isto mesmo, fica fácil entender, neste caso, a ausência da aplicação da regrinha que trata de diferenciar o geral do específico.

Mas eu sei que a discriminação entre geral e específico existe, em francês, e foi exaustivamente mencionada em outros tópicos por moderadores respeitados deste fórum.

No caso de "Je mange un morceau du gâteau", por exemplo, sabemos que estamos falando de um bolo específico porque houve o emprego do artigo le que está embutido na preposição.

Diferentemente da frase "Je mange un morceau de gâteau", na qual o contexto é genérico e pode-se estar falando de qualquer bolo, devido à ausência de um determinante.

Pelo que eu pude compreender, isto não ocorre na regência do substantivo abstrato peur porque, em francês, as fobias sempre levam artigo, independentemente de falar-se de uma mudança, em geral, ou de uma mudança específica.

Eu gostaria de saber se o meu entendimento está correto ou se carece de algum ajuste.

Ao meu ver, esta analogia que você fez com os verbos de apreciação foge um pouco da matéria por dois motivos:

I - O seu exemplo é de regência verbal e o assunto aqui é regência nominal (aimer é um verbo e peur é um substantivo abstrato).

II - Porém, o principal nem é isto. A questão mais relevante é que o verbo aimer não pede preposição. Por isto, escapa ao tema.

May 10, 2019

https://www.duolingo.com/profile/Dezo_

O seu entendimento está correto, mas é que nesse caso específico não existe diferenciação entre genérico e específico em francês, o que não significa que o francês não faça isso em outros casos, como os que você citou.

Eu só citei os casos dos verbos de apreciação para dar um exemplo similar de que a utilização do artigo em francês pode ser obrigatória, independentemente da situação ser genérica ou específica, enquanto que em português nós diferenciamos essas hipóteses.

May 10, 2019

https://www.duolingo.com/profile/Estudando_12

Ah, sim, deste modo, é perfeitamente compreensível.

Em ambas as circunstâncias (verbo aimer e substantivo peur), quando fora de contextualização, não há como saber se o sentido é plural ou singular, o que torna ambas as traduções (com e sem artigo) obrigatoriamente aceitáveis pelo formulador da questão.

Obrigado, Dezo.

May 10, 2019
Aprenda Francês em apenas 5 minutos por dia. De graça.