https://www.duolingo.com/sabrina-carvalho

Sufixos e Prefixos

Uma ótima forma de expandir o vocabulário de Inglês é através da utilização de prefixos e sufixos. Eles têm a capacidade de alterar o significado das palavras e até mesmo mudar a sua classe gramatical. Para melhorar o entendimento vamos pegar o exemplo do sufixo less.

O “less” é um tipo de sufixo que transforma um substantivo em adjetivo e passa a ideia de falta, ausência. Por exemplo, o substantivo “casa” se transforma em “sem-teto” se você acrescentar o less no final da palavra home (homeless = sem-teto). Confira outros usos: careless (descuidado), hopeless (que não tem esperança), meaningless (sem sentido), painless (indolor), useless (inútil).

Os Sufixos têm a função de modificar a categoria gramatical das palavras a que se aplicam. Isto é, um determinado sufixo será sempre aplicado a uma determinada categoria de palavra e resultará sempre numa outra determinada categoria. Prefixos, por sua vez, normalmente não alteram a categoria gramatical da palavra-base a que se aplicam. Os prefixos dão aos adjetos e verbos ideias negativas ou opostas. Sua função é predominantemente semântico, isto é, eles alteram o significado da base.

SUFIXOS

Er e Or são usados para a pessoa que pratica uma ação (agente da ação”. Ex.: writer (escritor), driver (condutor), singer (cantor), worker (trabalhador), actor (ator), donor (doador).

Er e ee podem contrastar com outros significados. Por exemplo, er é usado para a pessoa que pratica a ação (quem faz), enquanto que ee é a pessoa quem recebe ou vivencia tal ação. Ex.: employer (empregador) / employee (empregado), sender (remetente)/addressee (destinatário) /payee (beneficiário).

Tion, sion, ion são usados para formar substantivos a partir de verbos. Ex.: compete (competir) /competition (competição), promote (promover) /promotion (promoção) , act (aja) /action (ação).

Ist (pessoa) e ism (uma atividade ou ideologia). Ex.: typist (datilógrafo), terrorista (terrorista), jornalismo (jornalismo), physicist (físico).

Able/ible é o mesmo que o sufixo …ável ou …ível do português. Sua origem é o sufixo _abilis do latim, que significa ‘capaz de’, ‘merecedor de’. Transforma verbos em adjetivos. Ex.: drinable, washable, arorable, available, flexible.

Ise/ize (mais comuns no inglês americano) formam verbos a partir de adjetivos. Ex.: modernise, commercialise, industrialize, computerise.

As terminações ment, ance e ence também são acrescentadas a verbos para formar substantivos que significam “a ação de” ou o “resultado da ação de”. Ex.: Excitement, enjoyment, replacement.

Ity significa o estado, a qualidade de; equivalente ao sufixo ...idade do português.
Ex.: producitivity, sacarcity, possibility.

Hood significa o estado de ser. Há cerca de mil anos atrás, no período conhecido como Old English, hood era uma palavra independente, com um significado amplo, relacionado à pessoa, sua personalidade, sexo, nível social, condição. A palavra ocorria em conjunto com outros substantivos para posteriormente, com o passar dos séculos, se transformar num sufixo. Ex.: childhood, motherhood, neighborhood.

Ship significa o estado de ser. Refere-se especialmente a status. Ex.: friendship, partnership, membership.

Ive (…ative) o mesmo que o sufixo …tivo ou …ível do português. Ex.: active, affirmative attractive.

Os sufixos al e age são igualmente usados para formar substantivos derivados de verbos com o significado de “o ato de” ou “o resultado do ato de”. Forma-se adjetivos com estes.

Ex.: brutal, legal, drainage, approval, removal. O sufixo ous é acrescentado a substantivos abstratos para formar adjetivos. Ex. delicious, outrageous, dangerous, ambitious.

O sufixo ful forma substantivos com o significado de “a quantidade contida em”. Ex.: hopeful, useful, forgetful.

O sufixo less é frequentemente usado com o sentido de “falta de”, “ausência de”, e pode vir ligado a substantivos para formar adjetivos. Ex.: useless, harmless.

Ify, que se acrescenta a substantivos e adjetivos para formar verbos. Ex.: beautify, purify, terrify.

PREFIXOS In transforma-se em im antes de palavras que começam com ‘m’ ou ‘p’. Ex: immature, impatient, impossible, impolite.

Desta mesma forma in transforma-se em ir antes de palavras que começam com ‘r’. Ex.: irregular; irresponsible. Seguindo ainda a mesma ideia, in será transformado em il com palavras que começam com ‘l’. Ex.: Illegal, illiterate, illegible. OBS- O prefixo in e suas variações, nem sempre dão um sentido negativo às palavras. Geralmente dão ideia de “interno”, “dentro”. Ex.: internal, import, insert.

Os prefixos un e dis também dão ideia de oposição aos verbos. Estes prefixos são geralmente usados para reverter a ação dos verbos. Ex.: conver/uncover, lock/unlock, agree/disagree, like/dislike.

O prefixo non também dá ideia de negação. Ex.: non-smoker, non-conformist.

O prefixo anti dá ideia de oposoção “against” e pode ser aplicado para verbos e substantivos. Ex.: anti-war; antisocial; antibiotic; antibody.

O prefixo auto é reflexivo e dá ideia de autossuficiente. Ex.: autograph, auto-pilot, automobile.

O prefixo bi dá ideia de duplicação (dois ‘twice’). Ex.: bycicle, bilateral, bilingual.

O prefixo ex é igual a ‘antigo’, ‘anterior’, ‘passado’. Ex.: ex-wife, ex-smoker, ex-boss.

Ex também pode ser usado como ‘retirado de’. Ex.: extract.

Micro é igual a ‘pequeno’, ‘mínimo’, ‘minúsculo’. Ex.: microwave, microbiotic, microchip.

Mis dá ideia de ‘erroneamente’. Observe os exemplos abaixo: Ex.: misunderstand, mistranslate, mislead.

O prefixo mono dá ideia de único (single). Ex.: monolingual, monologue, monosyllabic.

Multi dá ideia de múltiplos (many). Ex.: multinational, multimídia.

Over dá ideia de excesso (a lot). Um exemplo de prefixo muito útil para exagerar a ação de um verbo. Ás vezes ele até muda o significado do verbo. Veja: ◾oversleep (dormir mais do que o necessário) ◾overspeed (ir a uma velocidade acima do normal) ◾overload (sobrecarregar ) ◾overflow (inundar) ◾overdose (dose excessiva) ◾overheat (esquentar mais do que o necessário)

Post dá ideia de postergação. Ex.: postgraduate, post-war, postpone.

O prefixo pre é o mesmo que ‘antes’. Ex.: pre-war, pre-judge, pre-school. Pro é o mesmo que ‘em favor de’. Ex.: pro-government, pro-student, pro-revolutionary.

Pseudo, como no português é o mesmo que ‘falso’. Ex.: peseudo-scientific, pseudo-intellectual.

O prefixo re dá ideia de ‘novamente (again)’. Ex: rewrite, replay, restart, renew.

Semi é o mesmo que metade (half), ‘não por completo.’ Ex.: semi-circular, semi-final, semi-finalist.

Sub, assim como no português dá ideia de ‘embaixo’. Ex.: subway, submarine, subdivide.

O prefixo under dá ideia de ‘não suficiente’. Ex.: Underestimate, undercooked.

Fonte: http://www.centraldoingles.com/canais/gramatica/prefixos-e-sufixos.aspx http://www.englishexperts.com.br/sufixos-e-prefixos/

November 13, 2016

5 Comentários


https://www.duolingo.com/ELIBETHINHA4850

Olá sabrina-carvalho, parabéns pelo compartilhamento. Além de interessante será de grande utilidade para nós estudantes do idioma. Parabéns pelo belo gesto de solidariedade com todos! Bons estudos.

November 14, 2016

https://www.duolingo.com/sabrina-carvalho

Por nada :-). Sempre procuro por temas que tenho dúvida ou que acho interessante. As duvidas são sempre parecidas para quem esta iniciando os estudos em uma nova língua, então se me ajudou pode ajudar outros estudantes também.

November 14, 2016

https://www.duolingo.com/Nicolly.molina

Olá Sabrina! Gostei muito dessa matéria , bem interessante. Obrigada por compartilhar o assunto. Bom dia!

November 15, 2016

https://www.duolingo.com/sabrina-carvalho

Por nada :-D. Bom dia pra você também.

November 15, 2016

https://www.duolingo.com/FranciscoC317116

Very good ! I liked very much !

November 19, 2016
Aprenda Inglês em apenas 5 minutos por dia. De graça.