O Duolingo é a melhor maneira do mundo para aprender idiomas. O melhor de tudo: é 100% grátis!

https://www.duolingo.com/RyckRichards

Para que e como estudar idiomas? Uma reflexão.

RyckRichards
  • 16
  • 16
  • 16
  • 12
  • 9
  • 8
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 14

Para que e como estudar idiomas? (Uma reflexão)!

Olá, meus amigos e amigas! Como estão? Espero que bem e aproveitando a vida da melhor forma possível.

Bom, venho prometendo uma reflexão sobre isso já faz algum tempo e, por vários motivos, ainda não o fizemos: O estudo de idioma(s) - simultâneos ou não. Uma reflexão sobre a importância, relevância disso, metologia e o que talvez seja mais "intrigante": Como. Há uma resposta que não é correta: "Apenas em cursos.". Eu nunca fiz um curso na minha vida (não estou dizendo para não fazer. eu é que não fiz por não dispor de recursos para isso e nem tempo também. Vida de professor... no Brasil...) Eu aprendi inglês, por exemplo, falando com estranhos e estrangeiros na rua. Basicamente. Obviamente, fui usando alguns livros e dicionários também, mas eu costumava (agora nem tanto, mas faço) ir à Copacabana ou Ipanema, ver um estrangeiro e começava a falar em inglês. Cheio de erros, obviamente - tipo How you, my name are Ricardo, Thank, etc. Agora, até algumas pessoas com quem falo e amigos dizem que eu seria facilmente confundido com um norteamericano rs

Atualmente, estudo cerca de 29, 32 idiomas de forma simultânea (não gosto de ficar " me gabando" . Gosto de dizer apenas "alguns".). Talvez você, caro(a) leitor(a) esteja se questionando com "Como ele faz isso" ou " Por que ele está fazendo isso" ou "Isso é mesmo necessário?" ou até mesmo já me "fotografando" -" Ele deve estar/ser maluco!", "Ele está perdendo tempo!", etc, etc, etc. Há um "esquema", uma metodologia, um porque para isso que vou tentar expor agora.

Um idioma é usado para comunicação. (óbvio) Mas... com quem nos comunicamos? Quando? Onde? Como? Eis aí [algumas] de minhas razões para estudar diversos idiomas simultaneamente. Eu, particularmente, conheço várias pessoas que estão ao redor do globo e converso com elas diariamente através de vários sites (incluindo o Facebook e o WhatsApp, via telefone, ao vivo (quando tenho sorte), etc, etc, etc. Infelizmente, meu vocabulário é ainda um pouco limitado em vários dos idiomas que eu uso, mas, mesmo assim, tento me comunicar com eles usando o idioma nativo deles. Claro, de vez em quando (quase sempre) sai um "Oi, ser eu Ricardo. Bem?" ou "vai você, bom dia?" ou "Conte junto comigo"( e deveria ser "conte comigo porque irei te ajudar]". Mas eis uma coisa que muitas pessoas não entendem: Errar faz parte da aprendizagem e, bem ou mal, estou estudando na prática, colocando a mão na massa. Errar não é vergonhoso; vergonhoso mesmo é não tentar. Gosto de dizer algo parecido com "Olá, meu amiga! Eu vou bem?"? Não. Mas alguém irá me corrigir e aprenderei - o que para mim é excelente.

Uma outra característica minha é que sempre tento ler um texto sobre algum país, sobre algum jogo (sim, eu me divirto também), algum filme, sobre meus campos de estudo (tradução, ensino de idiomas, aprendizagem de idiomas e mundo antigo), animes e interagir com alguns amigos meus ou pessoas que estejam também estudando alguma língua usando o idioma nativo dela. Sim, existe o inglês, espanhol, francês - alguns dos idiomas mais falados pela população mundial. Porém, eu pergunto a você: Como eu digo em inglês, por exemplo, "Depende..."? "Você quem sabe!"? "Não nesse ritmo." etc. Como muitas pessoas não sabem a resposta, provavelmente iriam ou usar outras palavras, expressões equivalentes - e, assim, perder a intensidade, o real conteúdo da mensagem - ou, simplesmente, não o diriam - o que seria até pior.

[ Só para registro: As respectivas respostas são "It depends on...", "It's up to you!" "Not at this rate."]

Bom, e como faço isso? Vamos falar disso agora?

1) NUNCA tenha vergonha de falar, perguntar, tentar. Gosto de dizer que não há perguntas idiotas, mas há idiotas que deixam de perguntar. Sempre que tiver dúvida - não importa se for na aula, em um grupo do Facebook, ao vivo com algum/a estrangeiro/a, via Skype, via WhatsApp, etc. Pergunte. Use o idioma que você está aprendendo.

2) Sempre tenha um caderno à mão. Sempre. Ou no bolso. Sempre temos dúvidas e, por vezes, achamos respostas que, com o passar do dia - seja pelo cansaço do trabalho/escola, seja pelo fato de termos tido um problema, a esquecemos. Ou. até mesmo quando estudamos, entendemos, mas não "gravamos" como aquilo aconteceu. Particularmente, eu tenho vários cadernos: Um que deixo na pasta que sempre levo [já bem destruído... era para ser rascunho], um bem pequeno no bolso ou da calça ou do paletó - também rascunho -, um que, de vez em quando, levo comigo quando tenho alguém para tirar dúvida ou alguém quer tirar xerox (esse eu chamo de "semi-rascunho" pelo simples fato de eu,também ali, fazer algumas anotações e, por último, o caderno principal. Quase livro: Não sai de casa, folheio-o com muito cuidado, etc, etc, etc.

3) Jamais se subestime. Muitos de meus alunos vem me dizer - e talvez você mesmo/a já tenha dito também: "Professor, eu não falo nem português! Como vou aprender a falar inglês?..." Há um monte de erros aí, mas só para citar dois

  • as pessoas que dizem isso falam em português. (Como eu não sei... Elas não falam português...). O que acontece é que, talvez, elas não dominem uma ou outra "padrões linguísticos" (formal, culto, etc). Porém, isso não a desqualifica como falante de um idioma - nesse caso em português. Logo...

  • não quer dizer que você """"""""demore""""""" (não existe demora para aprender um idioma. Cada um tem seu DNA, cada um tem seu tempo) a aprender um idioma significa que você não irá aprendê-lo. Isso requer tempo e o principal: paciência com você mesmo/a

4) Seja curioso/a. Procure grupos no Facebook/Whatsapp, livros, músicas, sites...

5) Use o que você mais gosta para ajudar. Sim, qualquer coisa. Se você gosta de videogames, uma boa notícia: Eles ensinam inglês. Quem joga videogame e presta atenção no enredo, tenta interagir, adquire vocabulário, passa a saber novas estruturas, gírias [cuidado ao usá-las...]. Se você, porém, gosta de música, ótimo também: Leia as letras - sem tradução. Tente entender.*-, tente cantar - eu mando todos os meus alunos cantarem na frente da turma e sem ler a letra, apenas com a melodia. E vale como prova. A menor nota obtida foi um 9,0. (eu dou nota 15 aos alunos - ou seja, 10 + 5 pontos extras caso seja algo muito fenomenal - e acontece várias vezes). Cante você também. Mas talvez você goste de viajar... Por que você não lê sobre aquele país/cidade em inglês? etc, etc, etc. [Boa notícia também para quem gosta de Facebook/Whatsapp: Por que vocês não tentam participar de grupos que só falem no idioma que vocês estejam estudando?]

Bom, é isso. Espero que esse pequeno texto tenha valido a pena e que tenha lhe ajudado um pouco. Há uma lista de sites no meu blog. e um canal noYouTube Lá há alguns vídeos que podem te ajudar, inspirar também. Na minha Página no Facebook, há algumas dicas também para estudar idiomas.

Que em 2017 aprendamos todos os idiomas que queiramos e possamos abrir todas as portas que queremos!

Fortes abraços!

1 ano atrás

7 Comentários


https://www.duolingo.com/Rakepdas

Ricardo, não te atrapalha estudar tantos idiomas simultaneamente? Dá pra absorver bem os idiomas? Eu já pensei em estudar 3 idiomas simultaneamente mas não sei se eu conseguiria ter um bom proveito.

1 ano atrás

https://www.duolingo.com/RyckRichards
RyckRichards
  • 16
  • 16
  • 16
  • 12
  • 9
  • 8
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 14

Não. A questão é como vc os "estuda" (digo "estuda" uma vez que e, por ezemplo, nem sempre uso os métodos tradicionais [caneta, papel, livro,...]). Assito uma partida em inglês, vejo um documentário em francês ou russo, leio sobre a vida em Fiji em fijiano e alemão, jogo no Facebook em holandês e por aí vai. Adaptei toda a minha vida, meus hobbies para isso tbm :)

1 ano atrás

https://www.duolingo.com/abcdefgh1234ol

eu tenho facilidade pra linguas estou tentando melhorar meu vocabulario no ingles aprender alemao e japones e suas dicas foram uteis obrigado <3

1 ano atrás

https://www.duolingo.com/Aline_Duo
Aline_Duo
  • 20
  • 13
  • 12
  • 9
  • 8
  • 7

Ricardo, esses idiomas que você estuda pelo Duo ( que ainda não tem para o Português) você faz a partir de um segundo idioma que você já tem fluência? Eu estou fazendo o Romeno a partir do inglês - e o meu inglês é aquele intermediário que parece não evoluir nunca - e eu tenho dúvidas se o fato de não ser fluente pode atrapalhar.

1 ano atrás

https://www.duolingo.com/Rakepdas

Aline, como tem sido a experiência de estudar alemão? Como é pra você estudar as 4 línguas simultaneamente?

1 ano atrás

https://www.duolingo.com/Aline_Duo
Aline_Duo
  • 20
  • 13
  • 12
  • 9
  • 8
  • 7

Eu estudei alemão há alguns anos atrás (da maneira tradicional), só que depois de um tempo eu deixei de praticar e esqueci muita coisa. O Duo tá me ajudando a refrescar a memória rs. Eu estou refazendo as atividades do livro que uso como base e o Duolingo serve como complemento.

No caso do espanhol, eu meio que comecei no susto. Eu fiz uma viagem e usei o conhecimento adquirido no Duolingo para (tentar) me comunicar com as pessoas, acho que deu certo. Eu não sei se eu estou subestimando o espanhol, mas está parecendo que a absorção desse idioma é bem tranquila.

O Romeno eu estou fazendo por total curiosidade, não estou me comprometendo seriamente com o aprendizado. Eu sempre vi o idioma ser citado em algumas listas de "línguas mais fáceis para se aprender a partir do português".

Eu não acho que está sendo traumático estudar as 4 línguas simultaneamente, até porque, no fim das coisas, só levo a sério mesmo o inglês e o alemão.

1 ano atrás

https://www.duolingo.com/RyckRichards
RyckRichards
  • 16
  • 16
  • 16
  • 12
  • 9
  • 8
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 14

Sim. E jamais diga que " meu inglês é aquele intermediário que parece não evoluir nunca". Você pode fazê-lo evoluir. Eu ajudo ;) **|Confie em vc ;)

E não, não atrapalha. Se vc visitar o site (tatoeba)[www.tatoeba.org], verá pessoas estudando 4, 8, 11 idiomas de uma só vez mesmo não sendo fluente. A diferenã é o quanto vc interaje com eles.

1 ano atrás