1. Fórum
  2. >
  3. Tópico: Italian
  4. >
  5. "L'olio è suo."

"L'olio è suo."

Tradução:O óleo é dela.

July 12, 2017

47 Comentários


https://www.duolingo.com/profile/DaianeNora

Os adjetivos possessivos concordam com a coisa possuída, por isso é "suo" e não "sua", apesar do possuidor ser feminino. Para dar ênfase no gênero do possuidor, podemos dizer "di lei" ou "di lui".


https://www.duolingo.com/profile/Alexandra371427

E porque é 'suo' e não 'il suo'? Quando é preciso escrever o pronome antes??


https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

No caso do verbo essere (sono, sei, è, siete, etc.) o artigo é facultativo (só coloca se quiser). Frequentemente ele é omitido.


https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

Ex. Pode ser "La mela è la nostra" ou "La mela è nostra"; "Il gatto è il mio" ou "Il gatto è mio"

Você coloca o artigo só se quiser, mas frequentemente se omite ele pra evitar repetições.


https://www.duolingo.com/profile/Elom393141

Ah! Grazi mulle!


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Não entendo essa questão colocada em relação ao artigo. Na frase proposta pelo Duolingo o artigo está lá, antes da palavra "olio": L'olio. Em italiano o artigo só é suprimido com fórmulas de parentesco no singular: mio figlio, suo padre, loro zio, tua madre, etc. Na tradução portuguesa proposta o artigo também está presente: "O óleo". E manter-se-ia mesmo que fosse usado o pronome possessivo: "O óleo é seu".

O artigo definido está ligado ao substantivo, não ao pronome possessivo! Mesmo na frase portuguesa "O seu óleo", que no Brasil, ao contrário de Portugal, é muitas vezes reduzida para ""Seu óleo", o artigo "O" está sintaticamente ligado ao substantivo "óleo" e não ao pronome possessivo "seu".


https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

Ahh sim, entendi. O que eu pude compreender do seu primeiro comentário é que você tinha confundido e achava que eu estava falando do artigo que acompanha o substantivo, e não o pronome possessivo no italiano.

Mas lendo novamente seus comentários, a sua dúvida era sobre a omissão do artigo no português, certo? Pois se sim, isso é só uma questão de diferença entre o Pt-PT e o Pt-BR.

Apesar de existir duas formas "è il suo" e "è suo" no italiano, ambas as frases significam no português brasileiro "O óleo é seu", pois "O óleo é o seu" soa estranho pois repete o artigo desnecessariamente, portanto esse 2° "o" não aparece no PT-BR. É como você disse, com a diferença que o artigo não é facultativo no PT-BR, mas na verdade ele nunca aparece.

Ou seja, tanto "Il cucchiaio è il mio" como "Il cucchiaio è mio", por exemplo, significam apenas "A colher é minha" no português brasileiro. Como o artigo "a" já apareceu uma vez, é desnecessário repeti-lo. Basicamente, "A colher é a minha" soa estranho e não é utilizado. Espero que eu tenha entendido corretamente sua dúvida e que isso tenha esclarecido ela - a clássica diferença entre um português e o outro, kkkk.

Infelizmente, para os portugueses, esse curso é baseado principalmente no português brasileiro. Isso explica porque você perdeu alguns pontos quando as questões envolviam pronomes possessivos.


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Certo, Louis. Quando eu iniciei o curso de italiano no Duolingo, o português usado era mais exclusivamente o brasileiro. Aos poucos, foi aceitando formas de construção frásica mais "lusitana". Mas este processo ainda está bastante incompleto. Não pretendo que o Duolingo apresente por defeito as traduções do italiano em português-pt, apenas que não as rejeite. Devo salientar que em vastas áreas o português-pt e o português-br são idênticos, não estando assim tão afastadas as duas versões do português como se poderia supor.


https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

Olá Rui. Quando eu estava falando de "artigo", eu não me referia ao artigo antes de "Olio" (se não, "Olio è suo" estaria correto, o que não faz sentido), mas sim do artigo antes de "suo". Pode perceber que nos exemplos que eu citei anteriormente, eu nem toquei no artigo "La" que vem antes do substantivo "mela". Aquele artigo tem que estar lá. Eu me referia ao artigo depois do verbo essere: "la", de "la sua".

Portanto a frase pode ser tanto "L'olio è suo" como "L'olio è il suo": perceba como eu não me referi ao artigo "L' " (nem mesmo modifiquei ele), mas sim ao artigo que acompanha o pronome possessivo "il suo".


https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

Resumindo: o artigo ao qual me referia era o artigo que acompanha o pronome possessivo, e NÃO o que acompanha o substantivo - esse aqui não se modifica, porque ele não acompanha um pronome possessivo (mas sim um substantivo), então não cai nas regras citadas anteriormente.


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Luis, vou aqui tentar explicar o meu ponto de vista sobre este assunto da relação entre o artigo definido e os pronomes possessivos. Porque se trata apenas da minha opinião não a encaro como regra geral e poderá naturalmente suscitar com toda a legitimidade concordância ou discordância. Procurarei contudo justificar todas as minhas afirmações.

O artigo definido está por sua própria natureza ligado sintaticamente aos nomes que acompanha, isto é, substantivos e concorda com eles em género e número (masculino/feminino, singular/plural). Assim, dizemos "o homem", "as núvens", "a casa", "os ossos" etc. Usa-se o artigo definido quando o substantivo designa uma coisa bem definida e identificada se for singular ou um grupo bem delimitado de coisas do mesmo género se for plural. Quando qualquer destas duas condições se verifica o artigo definido acompanha obrigatoriamente o substantivo antecedendo-o. Exemplo: "o gato", se me estou a referir a um certo gato em particular. Se a referência do substantivo for vaga ou indefinida o artigo poderá ser indefinido ou mesmo estar ausente. Exemplos: "um cão" se me estou a referir a qualquer cão ou simplesmente "cão" se me estou a referir aos cães em geral ("cão que ladra não morde"). Mas o que importa aqui reter é a situação em que a referência do substantivo é bem definida e delimitada, caso em que o artigo é o definido e é obrigatório.

Os pronomes possessivos servem para indicar quem possui ou é dono de uma certa coisa ou de um grupo (conjunto) de coisas. Apesar de se designarem pronomes podem ser usados de duas formas distintas: (1) Como PRONOME. Estão em vez do nome, isto é, substituem o próprio substantivo, estando em vez dele a representá-lo, ex: "A carteira que encontraste é a minha" (aqui "minha está em vez do substantivo "carteira" substituindo-o e acrescentando a informação suplementar de que eu sou o dono. (2) Como ADJETIVO. O pronome possessivo é colocado a anteceder o substantivo sem o substituir, ex: "A minha carteira já apareceu".

Nas situações mencionadas em (1), como pronome, é normal usar-se o artigo já que o pronome substitui o nome e portanto funciona como se fosse um substantivo. Seria o caso que você refere como "L' olio è il suo", em português "O azeite é o seu". Neste caso quereria possivelmente referir aquela porção de azeite que você trouxe, (ou comprou ou qualquer coisa do género). Não tendo o artigo trata-se de um adjetivo, neste caso funcionando como nome predicativo do sujeito do verbo ser: "L'olio è suo ", em português "O óleo é seu", significando qualquer coisa como "o azeite pertence-lhe". As duas versões com ou sem "il" estão gramaticalmente corretas mas significam coisas diferentes.

Na maioria dos casos em que o possessivo funciona como adjetivo, antecede o substantivo, ex: "O meu lugar". Nestes casos temos três palavras seguidas: um artigo, um adjetivo e um substantivo. Mesmo aqui, o artigo está sintaticamente ligado ao substantivo. Ainda que de permeio esteja um adjetivo possessivo, este não tem nada a ver com o artigo.

Neste último caso, se substantivo refere uma coisa determinada e bem definida, (sendo o lugar por exemplo a cadeira 3 da fila j da segunda plateia) o artigo é obrigatório, pelo menos em Portugal. Acontece que no Brasil nestas situações o artigo parece ser facultativo, havendo tendência para ser eliminado. Esta situação já me custou diversas rejeições do Duolingo. Tal como em Portugal e ao contrário do Brasil, em italiano, nestes casos o artigo também é obrigatório, excetuando-se apenas as expressões de parentesco no singular (padre, nonna, sorella, madre, etc) onde não se pode usar o artigo.

Peço desculpa por esta longa explicação e espero não ter abusado da sua paciência. É que este assunto tem alguma complexidade. Bons estudos.


https://www.duolingo.com/profile/Leco743778

Se é facultativo, não é errado usar. É isso?


https://www.duolingo.com/profile/EdnaJensen954411

Finalmente entendi! Obrigada!!


https://www.duolingo.com/profile/BerBarcellos

Aaaaaaaaaaaa grazieeeeee


https://www.duolingo.com/profile/HebertRibe2

Maravilhosa obrigado disconfiei mas nao tinha certeza obrigado mesmo


https://www.duolingo.com/profile/SoniaCrist182689

eu traduzo como "o óleo é seu"...tanto faz se é homem ou mulher...pq "dela"? Como vou adivinhar q está falando pra um homem ou uma mulher?


https://www.duolingo.com/profile/gustavo-giordani

A tradução aceita é: o óleo é dele/dela. Se você colocou "seu" ou "sua", muda o sentido e não vai ser aceito.


https://www.duolingo.com/profile/AntnioBati10

E se eu quiser dizer diretamente para alguém: "O óleo é seu.", como escrevo?


https://www.duolingo.com/profile/AdsonSoares

Credo che è: L'olio è tuo. Tuo = segunda pessoa (seu/sua) Suo = terceira pessoa (dele/dela)


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

AntnioBati, pode escrever exatamente assim. Respondi o mesmo e foi aceite pelo Duolingo. Também pode dizer indiferentemente "óleo" ou "azeite" que o Duo aceita ambos.


https://www.duolingo.com/profile/indianara_ce

Aceita sim, passa como correto tanto dele/dela quanto seu/sua


https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

Sim, pois seu/sua é sinônimo de dele/dela, com a diferença que uma frase com "seu/sua" não revela o gênero do possuidor (não diz se algo é possuído por homem/mulher, é neutro) já que concorda com o gênero da coisa possuída - O carro (masculino) = seu carro. A casa (feminina) = sua casa. Não diz se o carro ou a casa é de um homem ou de uma mulher.

Já o dele/dela especifica sim o gênero de quem possui, já que não concorda com o gênero da coisa possuída, mas sim do possuidor - A casa é dela = possuidora feminina. O carro é dele = possuidor masculino. Esse sim diz se o possuidor é homem ou mulher.


https://www.duolingo.com/profile/AdsonSoares

Parece que os exercícios de pronome possessivo estão invertidos maschile e femminile....


https://www.duolingo.com/profile/demarchi83

L'olio è il suo esta errado?


https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

Não. Tanto pode ser "L'olio è suo" como "L'olio è il suo" - o artigo é facultativo caso ele acompanhe o verbo essere (conjugado como è nesse caso) - coloca se quiser.

É porque em situações como "La gatta è la mia" o artigo se repete, então soa melhor omiti-lo (mas não é obrigatório omiti-lo).


https://www.duolingo.com/profile/Elane61319

Não deveria ser l'olio è il suo"? Sempre se usa artigo antes de pronome possessivo.


https://www.duolingo.com/profile/TSRTSR

Nesse caso repetiria incorretamente o artigo: "o" óleo é "o" seu. Depende das situações usar ou não usar o artigo antes de pronome.


https://www.duolingo.com/profile/MirraSouza1

Por que "suo" e não "sua"?


https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

Pois esses pronomes possessivos concordam com a coisa possuída, não com quem a possui.

"Olio" (óleo) é singular masculino, e o pronome possessivo masculino singular de terceira pessoa é "suo". Então, independentemente de a pessoa que possui o óleo ser mulher ou homem, ainda vai ser "suo". Aqui não importa o gênero do possuidor. Por exemplo, você não diria "O caderno é sua" só porque quem o possui é uma mulher.

Sobre a tradução da frase dizer "dela", "suo" (seu) é neutro - afinal, esse possessivo não concorda com o possuidor. Então pode significar tanto "dele" como "dela". Para uma tradução mais "correta"/"neutra", é só utilizar o "seu".


https://www.duolingo.com/profile/MirraSouza1

Compreendi! Muito obrigada


https://www.duolingo.com/profile/MilaRufato

Por que tem horas que coloca olio com óleo e outras azeite e só aceita uma forma e não as duas?


[conta desativada]

    Consultei dois dicionários on line e tive a mesma resposta: òleo = olio / Azeite = olio d'oliva. Passando o mouse na palavra, temos óleo, azeite e azeita. Portanto, sem contexto, deveria ser aceitar as três opções. (babbel.com.br)


    [conta desativada]

      Ocorreu um erro acima: ...deveria aceitar... (digitei "ser" indevidamente entre as palavras). Mi scusi!


      https://www.duolingo.com/profile/santo.br1

      Azeite e Óleo em italiano é a mesma palavra, como em espanhol.


      https://www.duolingo.com/profile/JaneilsonHD

      Erro no duo! Era pra aceitar ambos, da próxima vez reporte!


      https://www.duolingo.com/profile/CassiaFerr77468

      Ainda acho um pouco confuso. Estudo e nao entendo direito Dio mio!!!!!!


      https://www.duolingo.com/profile/MarcoAnton360606

      Quando se passa o mouse sobre a palavra "suo"ele traduz por " dela ", "seu" e "dele".


      https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

      Seu/sua é sinônimo de dele/dela, com a diferença que uma frase com "seu/sua" não revela o gênero do possuidor (não diz se algo é possuído por homem/mulher, é neutro) já que concorda com o gênero da coisa possuída - O carro (masculino) = seu carro. A casa (feminina) = sua casa. Não diz se o carro ou a casa é de um homem ou de uma mulher.

      Já o dele/dela especifica sim o gênero de quem possui, já que não concorda com o gênero da coisa possuída, mas sim do possuidor - A casa é dela = possuidora feminina. O carro é dele = possuidor masculino. Esse sim diz se o possuidor é homem ou mulher.

      Nesse caso, o substantivo "olio" é masculino, então o pronome também deve ser masculino - portanto, "seu".

      Se quiser explicitar o gênero de quem possui, utiliza-se "di lei" (dela) ou "di lui" (dele).


      https://www.duolingo.com/profile/Hlida238824

      O certo seria: O óleo é dele.


      https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

      Na verdade, não. Pode ser tanto dele como dela, e também seu.

      Os pronomes possessivos suo/sua/tuo/tua/etc... concordam com o gênero da coisa possuída , não com o gênero de quem possui. Para definir o gênero do possuidor, utiliza-se "di lei" (dela) ou "di lui" (dele).

      Ou seja, suo/sua vai concordar em gênero com o que está sendo possuído, não com o que o possui. Portanto, como o gênero não está definido, pode ser tanto "dele" como "dela". Se quisermos traduzir o mais fielmente possível, poderia ser "O óleo é seu".


      https://www.duolingo.com/profile/Louis289103

      No português é a mesma coisa. Perceba o que acontece se eu tentar concordar com o gênero do possuidor.

      Imagine que é um homem que possui uma maçã. "A maçã é seu."

      Ficaria incorreto.

      Portanto, corrigindo: A maçã é sua. Se quisermos especificar gênero, utiliza-se " A maçã é dele/dela".

      E é a mesma coisa no italiano - di lui ou di lei. Espero ter ajudado.


      https://www.duolingo.com/profile/milena532076

      Na frase :L'oleo è suo...como sei se é dele ou dela????


      https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

      Não sabe, tem que adivinhar. Mas se traduzir por "O óleo é seu" está a exprimir-se em português correto e não precisa de conhecer o género do possuidor do óleo nem de inventar um género. Além disso está mais próximo da frase italiana.


      https://www.duolingo.com/profile/Raffael_BR

      Resposta correta (L'olio è suo) O que eu respondi (Loli ou suo) Kkkkksksksksksks

      E colocaram como correto kkkskskskskskskskskskskkskskskssksssskkkkkkkkkkkkkkskskskskskskkkskskskkksjkskjksksksksk


      https://www.duolingo.com/profile/HevertonRi8

      O óleo é dela? Como assim?

      Aprenda italiano em apenas 5 minutos por dia. De graça.