"Il momento che avevo aspettato era arrivato."

Tradução:O momento que tinha esperado tinha chegado .

September 13, 2017

10 Comentários
Esta conversa está trancada.


https://www.duolingo.com/profile/Guilherme620748

Não concordo. Esse "era" em italiano, no caso, não deve ser traduzido por "tinha", mas por "era", como na frase "Era chegada a hora".

Já o "avevo", discordo de sempre traduzir por "tinha", aqui seria mais elegante usar "havia".

Portanto, "O momento que havia esperado era chegado."


https://www.duolingo.com/profile/hedi76
  • 2419

Eu escrevi: "O momento que tinha esperado havia chegado" e foi aceitado. Vejo que DL tem outra versão e você uma terceira.
Não entendo por que DL a vezes usa "tinha", a vezes "havía". As palavras "tinha" e "havia" são sinónimos e intercambiáveis?


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Efectivamente na língua portuguesa "ter" e "haver" são intercambiáveis enquanto verbos auxiliares na conjugação dos tempos compostos. Neste caso não se pode dizer que sejam "sinónimos" uma vez que não têm significado próprio, apenas a mesma função.


https://www.duolingo.com/profile/Guilherme620748

Não são sinônimos. A palavra "tinha" (do verbo "ter") tem o sentido de "possuir": "No meu sonho eu tinha um gato." - o gato era meu. Já "havia" (do verbo "haver") tem sentido de "existir": "No meu sonho havia um gato." - existia um gato no sonho. No caso de "era" (do verbo "ser") temos: "No meu sonho eu era um gato." - o gato era eu. Entretanto, há situações em que o verbo "ter" assume o sentido de existir, conforme a frase: "No meu sonho tinha um gato." - quem tinha? O sonho tinha. Perceba a diferença, "havia" não tem sujeito, simplesmente "existia um gato", enquanto a frase com "tinha" é "(o sonho) tinha um gato.". Portanto, não é sempre que se pode substituir um pelo outro.

No caso em questão é uma locução verbal, então pode ser traduzido tanto pela locução "tinha chegado" quanto por "havia chegado".

Na segunda parte, "era arrivato (il momento)", o correto é traduzir por "era chegado" (e não "tinha" ou "havia"). Isso porque se ao invés de "momento" fosse "la ora", em italiano ficaria "(la ora) era arrivatA", e em português "(a hora) era chegadA" (e não chegadO).

Espero ter esclarecido mais do que confundido...


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Ao contrário do que Guilherme diz os verbos "ter" e "haver" não têm significado autónomo quando usados como auxiliares na conjugação de outro verbo em tempos compostos e são completamente intermutaveis nessa função. O Duolingo erra ao rejeitar o uso do verbo "haver" como auxiliar dos tempos compostos. Exemplo: "eu tinha dito" = "eu havia dito". Outro erro seu que tenho que assinalar é que o verbo "ter" NUNCA pode ser sinónimo de "haver". Se no sonho "tinha um cão" era porque no sonho era dono de um cão. Se não for esse o caso teria que dizer que no sonho "havia (ou existia) um cão"


https://www.duolingo.com/profile/hedi76
  • 2419

Muito obrigada pela explicação. Eu tive que lê-la várias vezes para entender tudo, mas pelo menos estou menos confusa como era antes.


https://www.duolingo.com/profile/JosFrancis851440

Desculpe, duolingo. A sua tradução não está errada, mas é vulgar. Seria até aceito se fosse um verso, em obediência repetitiva de rima. O tinha duplo soa mal e caracteriza uma frase de uma pessoa não letrada. O momento que esperava chegou é melhor.


https://www.duolingo.com/profile/JosFrancis851440

Aprender outra língua no duolingo, significa que se possuímos um linguajar aceitável do nosso idioma, aprendemos outro corriqueiro, banal e muito limitado, cuja única serventia é quebrar o galho em um colóquio; porém, se não usarmos de cautela, terminaríamos falando um português primário, confuso e muitas vezes sem sentido. Isto é, tal qual o idioma aprendido. Ficamos burros nos dois. Apesar disso, entendo que fazendo uso dessas cautelas, podemos seguir aprimorando o idioma meio manco que aprendemos, sem rebaixar e ofender o nosso.


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Concordo consigo que a repetição da forma verbal "tinha" apesar de correta torna a frase feia. Sugestões de resolução do problema:

(1) Substituir uma das ocorrências de "tinha" por "havia". Por exemplo, "O momento que eu tinha esperado havia chegado".

(2) substituir uma das ocorrências do pretérito mais-que-perfeito composto pelo mais-que-perfeito simples (os dois tempos verbais têm o mesmo significado). Por exemplo: "O momento que eu tinha esperado chegara".


https://www.duolingo.com/profile/CarmenGanz

A resposta está certa

Aprenda italiano em apenas 5 minutos por dia. De graça.