1. Fórum
  2. >
  3. Tópico: Italian
  4. >
  5. "Vivete e imparate!"

"Vivete e imparate!"

Tradução:Vivei e aprendeis!

January 23, 2018

19 Comentários


https://www.duolingo.com/profile/ataskacomeres

" Vivam e aprendam" Português mais usual.


https://www.duolingo.com/profile/regina402244

isso mesmo,,,, vivam e aprendam....ótimo


https://www.duolingo.com/profile/regina402244

Praticamente não usamos a segunda pessoa do plural - vós. Talvez em algo escrito mas, coloquialmente, nunca.


https://www.duolingo.com/profile/regina402244

No imperativo, em português, o "s" cai.... então é aprendei e não aprendeis....Aprendeis seria no presente do indicativo... Vós aprendeis


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Exactamente! Para ilustrar o uso do imperativo na segunda pessoa do plural cito aqui o Génesis, 1,28, do Antigo Testamento: "Crescei e multiplicai-vos, enchei e dominai a terra".


https://www.duolingo.com/profile/IanScheidF

Vivam e aprendam seria mais natural e igualmente correto.


https://www.duolingo.com/profile/movb
  • 560

Que maravilha. A educação no diálogo está encantadoramente produtivo!


https://www.duolingo.com/profile/regina402244

Eu só entendo esse tipo de diálogo....educado e produtivo.


https://www.duolingo.com/profile/JosFrancis851440

Vivei e aprendei! É a resposta.


https://www.duolingo.com/profile/MagelaGMF

Regina e Rui Brandão, vocês são muito importantes neste grupo! Além dos cursos do Duolingo, também faço aulas presenciais de italiano com professores nativos.


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Obrigado. Eu também tenho aulas com professor de nacionalidade. Estou matriculado no Instituto Italiano di Lisbona. Só que este semestre foi anulado por causa da pandemia do coronavirus.

Suspendi por alguns meses as minhas aulas no Duolingo por causa das constantes rejeições de frases em português absolutamente corretas e naturais cá em Portugal, apenas porque divergem das expressões coloquiais do Brasil. A língua portuguesa não se limita às expressões coloquiais da linguagem oral do dia a dia. Exprime-se também em modos um pouco mais formais na redação de artigos de imprensa, ensaios científico-humanísticos, correspondência oficial dos serviços públicos, requerimentos ou sentenças dos tribunais etc. E ainda de um modo mais rico e criativo na literatura. É absolutamente insuportável rejeitarem-me uma resposta só porque uso "jantar" em vez de "janta" ou traduzo "c'è" por "há" em vez de "tem. São apenas dois exemplos entre muitos. Mas um dia destes retomarei estas lições, até ficar irritado de novo.


https://www.duolingo.com/profile/shesoutto

Vivendo e aprendendo???????


https://www.duolingo.com/profile/regina402244

Ai não seria imperativo...


https://www.duolingo.com/profile/Salvador613164

Pato rouco...! Sofre de disartria.


https://www.duolingo.com/profile/renato.milan

Não deveria ser "Vivete ed imparate" porque a palavra depois da conjunção começa com vogal? Estou com essa dúvida...


https://www.duolingo.com/profile/RuiBrando5

Pelo que aprendi de italiano até agora parece-me que neste caso a conjunção mantém-se "e" pois a sílaba tónica de "impariate" é impariAte. Se fosse IMpariate então teria que ser "ed".

Aprenda italiano em apenas 5 minutos por dia. De graça.