1. Fórum
  2. >
  3. Tópico: Esperanto
  4. >
  5. "Unu filo studas en universit…

"Unu filo studas en universitato kaj la ceteraj filoj estas ankoraŭ tro junaj."

Tradução:Um filho está estudando na universidade e os demais filhos são ainda muito jovens.

September 10, 2018

3 Comentários


https://www.duolingo.com/profile/bmBYbahV

"Um filho estuda na universidade e os restantes ainda são muito novos" deveria validar:

"filhos" é redundante (se referimos "um filho" e mais tarde os "demais", sabemos que só podem ser "filhos");

"são ainda" e "ainda são" é igual, nem sequer a ênfase é muito diferente;

"estuda" e "está estudando" é igual porque "estudar" é uma actividade prolongada;

e finalmente,

"demais" e "restantes", e

"jovens" e "novos" são,

neste contexto, sinónimos.


https://www.duolingo.com/profile/Mauricio_3333

Além dos comentários já feitos, há um, gostaria de evidenciar duas outras incongruências, não do Esperanto, mas dos elaboradores do exercício em tela. A primeira refere-se no emprego de preposição sem a utilização, na sequência, de um artigo definido, quando isso ocorre, em Esperanto, pelos exercícios já desenvolvidos aqui mesmo, é que se deve utilizar o artigo indefinido. Vejamos: Um filho estuda - ou está estudando - em uma universidade, não 'na universidade', porque essa não foi determinada no contexto. Em Esperanto, temos a seguinte construção: "Unu filo studas EN universitato". A versão para o português deve ser feita com o artigo indefinido 'um': em uma ou numa universidade. Outro emprego que causa, às vezes, dúvida é o do verbo 'ESTI' (ao que aqui interessa, nos sentidos de 'ser' e 'estar'): "[...] os demais filhos são/estão ainda...". O terceiro ponto diz respeito ao uso da palavra 'tro', que, em alguns exemplos do curso, foi utilizado com o sentido de 'muito', mas sem qualquer correspondência com o valor semântico do termo, porque equivale, em português, à acepção de demasiado, excessivo, o que está muito além do sentido de 'muito'. Basta, para relembrar, os sentidos de outros termos derivados daquele, como, por exemplo, na função verbal: TROI - Exagerar, ou como adjetivo: TROA - Excessivo. Assim, em nenhuma hipótese se pode admitir a versão como 'muito', porque 'demais' é acima, mas muito acima de muito.


https://www.duolingo.com/profile/Celioluzverde

Um filho está estudando na universidade e os demais filhos são ainda JOVENS DEMAIS.

MUITO JOVENS = TRE JUNAJ

Aprenda esperanto em apenas 5 minutos por dia. De graça.