1. Fórum
  2. >
  3. Tópico: English
  4. >
  5. Tony - Dica 10 – Som do “R” …

https://www.duolingo.com/profile/Antonio681013

Tony - Dica 10 – Som do “R” no Inglês Americano

Hi guys, para quem vem seguindo os comentários e as dicas anteriores onde eu usava esse título: "Aprendendo a Falar, Lendo - Inglês Americano" - Learn American English-less than 1 year! Dica 1,2,3 …. Até a 9”, de agora em diante vou usar somente o título “Tony - número da Dica e o - assunto” para ficar mais fácil de pesquisar. Bom, dando continuidade ao material sobre os sons da Língua Inglesa Americana que estou adiantando para vocês de meu livro “Aprendendo a Falar, Lendo – Inglês Americano” que pretendo lançar na Amazon, vamos falar do som da letra “R” quando usado em palavras no inglês americano. Por quê eu acho que o som da letra “R” tem o som mais forte do inglês americano (vamos adotar a sigla SAE (Standart American English), para facilitar. Infelizmente, não tem como eu colocar uma figura aqui no Duolingo, mas no livro existe uma tabela que confeccionei com os 47 sons IPA (International Phonetic Association), e no blog e no Youtube que estou montando vai ter também. Vamos lá: Primeiro: seguindo o meu método, se vocês se lembram, primeiro temos que saber falar, para depois adquirir as outras skills (“listen” e “writing”). Por quê não citei “reading”? Porque o meu método ensina a falar (speaking) ....lendo (reading). É um método inverso do tradicional em que você aprende a falar por último. Bem, vamos começar com o som da letra “R”. Tem vários sites na internet que ensinam como pronunciar o “R”, ai vai alguns... https://www.youtube.com/watch?v=mu-X_9nVTxE https://www.youtube.com/watch?v=bYWlQur5g5s https://www.youtube.com/watch?v=3XRTN5gW4oU infelizmente só vou poder passar para vocês como produzir o som do "R" da melhor maneira, para vocês pronunciarem direitinho como os americanos fazem, som IPA SAE, por meio de vídeo que estou montando. Mas, agora vou passar algumas técnicas simples para quem fala o português brasileiro. Todos nós conhecemos o sotaque do pessoal do interior de SP, MG e GO. Quando falam palavras com a letra R, fica bem claro um som que não é o som do SBrP – Standart Brazilian Portuguese. Não é o som vibrante do “R” de “direito”, “caseiro”, nem o “R” glotal das palavras “rende”, “roda”. O som é aquele do “R” “interiorano” (MG, GO e SP, principalmente). De acordo com os estudos que realizei, esse som soa mais como uma vogal, do que uma consoante. Para quem não se lembra, conforme os dicionários: "Vogal é o som da fala em cuja articulação a parte oral do canal de respiração não fica bloqueada nem constrita o bastante para causar uma fricção audível". Finalizando este post aqui vai um vídeo com os sons do R caipira, para quem não se lembra: https://www.youtube.com/watch?v=Tt6pdnZP4Gs Good Luck for everybody!

March 7, 2019

2 Comentários


https://www.duolingo.com/profile/Rhaisa12

Muito obrigada! Fiquei muito satisfeita com as indicacoes de videos com a explicacao do som do "R"


https://www.duolingo.com/profile/Antonio681013

Very good Rhaisa. I'm very happy to hear that. Eu comecei a estudar há um ano e meio e aplicando um método que estou desenvolvendo e estudando ao mesmo tempo, acredito que usando este meu método uma pessoa consiga falar o inglês americano em menos de um ano. O princípio é simples: - Se você consegue ler com os sons corretos das palavras e também consegue ler correto quando essas palavras passam a fazer parte de uma frase (sim porque quando as palavras formam uma frase elas tem seus sons modificados, como se nós percebéssemos que os gringos estão falando rápido demais, mas não é nada disso, é só uma coisa que se chama "connect speech", pretendo explicar isso mais adiante), enfim, você consegue falar se você conseguir ler com o som correto. Conseguindo falar corretamente, automaticamente você vai conseguir escutar (entender) e se você soube ler, logicamente saberá também escrever. É um método inverso do tradicional, mas para mim funcionou e muito bem. Nunca tinha estudado inglês e depois de seis meses trabalhando em pesquisas e no desenvolvimento do método, entrei há um ano em uma escola, por sinal bem fraca daqui da Florida e hoje, após um ano, já entendo 90/95% do que a professora nativa de New York fala, isso aplicando este método que te falei. Temos que entender que hoje, o vocabulário da lingua inglesa tem mais de 1 milhão de palavras, depois do advento da internet, e se quisermos aprender a "falar" que é o meu objetivo principal, temos que aplicar as regras de pronúncia à leitura, regras que estou desenvolvendo. Nunca conseguiríamos DECORAR esse vocabulário imenso como as escolas tradicionais pregam. Na verdade os americanos usam essas regras sem saber que estão usando, intuitivamente e com isso conseguem "to guess" os sons de palavras que nunca viram. Isso eu chamo de "consciência fonêmica", termo que criei. Good luck and learning!

Aprenda inglês em apenas 5 minutos por dia. De graça.
Comece agora