1. Fórum
  2. >
  3. Tópico: Duolingo
  4. >
  5. NA SUA OPINIÃO, QUE IDIOMAS S…

https://www.duolingo.com/profile/log_in.

NA SUA OPINIÃO, QUE IDIOMAS SÃO INDISPENSÁVEIS HOJE? (NUM CONTEXTO GERAL/GLOBAL)

Fala pessoal, tudo bom? Recentemente li aqui um tópico que achei bem interessante, a respeito da questão de estudar vários idiomas simultaneamente. Não dois, ou três, mas vários.

Gostei de uma opinião que foi levantada lá, sobre o melhor jeito de otimizar nossos estudos. No caso, para "mortais" como nós que não passam horas e horas estudando todo dia (e que provavelmente trabalhem com isso), o indicado seria escolher e estudar dois idiomas a cada dois anos/um idioma por ano.

Pensei sobre isso, e achei um ritmo bem decente de estudo na verdade. Em 10 anos, você estaria falando 10 idiomas diferentes, alguns fluentemente, outros decentemente, e outros "a passeio".

Enfim, a pergunta é, na opinião de vocês, analisando todo o contexto social, global e econômico atual, quais 10 idiomas vocês consideram a "LISTA PERFEITA" para qualquer indivíduo? Independente de profissão, país ou coisa do tipo.

É isso, eu vou deixar o tópico em aberto por uns dias, e depois vou coletar as respostas de cada um e transformar em estatística, com informações a respeito de cada idioma/país nativo, para que assim, possa incentivar cada um a estudar algum dos idiomas! O que acham?

Eu já deixo aqui a MINHA lista, dos 10 idiomas que acho indispensáveis HOJE (a lista não está em ordem de importância, mas sintam-se a vontade para elencar quem quiser):

1-Italiano 2-Espanhol. 3-Francês. 4-Alemão. 5-Hebraico. 6-Árabe. 7-Chinês (O dialeto mandarim). 8-Russo. 9-Tâmil (Um dos quatro oficiais de Singapura, maior porto do mundo, e país com passaporte mais "potente"). 10-Japonês.

P.S.: Não coloquei o Inglês, pois considero ele como uma "segunda língua" obrigatória hoje para qualquer pessoa, em qualquer situação. Já é algo meio intrínseco, então nem vejo necessidade de elencar. P.S.S.: Não consigo encontrar o post onde vi o artigo, mas assim que o encontrar deixarei o link para direcionar a quem tiver interesse de ler. P.S.S.S: https://segredosdomundo.r7.com/linguas/ (RANKING DAS 50 MAIS FALADAS DO MUNDO).

October 31, 2019

10 Comentários


https://www.duolingo.com/profile/GuilhermeT1024

Se for parar pra pensar, só o inglês já é suficiente. Já que, por que estudar italiano se um Italiano fala inglês? Eu criarei uma lista para aqueles que, assim como eu, querem estudar uma língua mais para entender a cultura, porque globalmente só essa língua já está bom demais!

1 - Russo - Ótima Literatura;

2 - Chinês - Principais Produtos;

3 - Alemão - Livros sobre as Guerras Mundiais mais completos;

4 - Francês - Pô, teve o Napoleão cara, só isso já é motivo de estudar;

5 - Grego - Fundamentos do pensamento atual humano e científico;

6 - Espanhol - Com ele dá para entendermos melhor a relação Portugal-Espanha e as diferenças culturais dos nosso hermanos.

Essas são as mais interessantes para mim, faltam 4, com o tempo eu expando meus horizontes.


https://www.duolingo.com/profile/Will_1Gomes

Pensando sob uma óptica mercadológica e profissional eu dou destaque a algumas em específico. (Com exceção do Inglês pelos motivos já citados pelo autor do tópico).

1°- Espanhol - Antes de mais nada, vivemos em um continente cerceado por países de origem espanhola. Deveria ser mais do que obrigatório os brasileiros saberem o espanhol e, sobretudo, acabar com o ridículo "portunhol" que algumas pessoas se gabam.

2°- Francês - Na minha visão, o Francês se enciaxa somente pela cobrança em Organizaões Internacionais como segunda língua. Caso indivíduo tenhao desejo em trabalhar em alguma ONG ou em algum orgão subordinado à ONU, é obrigatório.

3°- Chines - Ainda na área mercadológica eu dou destque para o Mandarim. Levando em conta o contexto geoólítico, o maior mercado consumidor do mundo deve ser levado em consideração para aqueles que buscam outras línguas.

4°- Hindi - Esse se encaixa mais como uma aposta minha. A Índia é um dos maiores países emergentes do mundo. Em apenas 70 anos, apesar da desigualdade latente, esse grande país asiático reduziu drasticamente a sua pobreza, impulsionou a sua industria bélica e aeroespacial e, sebretudo, aliado a educação de ponta em suas principais universidades. E claro... Um mercado consumidor na casa dos bilhões.


https://www.duolingo.com/profile/blurflux

Espanhol para se comunicar com a hispanosfera, árabe para se comunicar com pessoas do mundo árabe, francês para se comunicar com pessoas da francofonia, português para se comunicar com pessoas da lusofonia, russo para se comunicar com pessoas dos países da CEI, mandarim para se comunicar com chineses, híndi para se comunicar com a maior parte dos indianos e paquistaneses (urdo e híndi são a mesma língua) e indonésio para se comunicar com pessoas do mundo malaio, pondo em ordem de importância para um ocidental (obviamente no Sudeste Asiático o chinês terá mais força que o russo, o português e o espanhol, mas não vem ao caso). Tirando a Índia, nessas regiões a penetração do inglês é horrível, e mesmo na Índia as pessoas na realidade geral misturam híndi com inglês e não são todos no país que sabem falar um inglês claro, fluente e puro.

Se for para além dessas incluir línguas de importância histórica, cultural e tecnológica, latim, grego koiné (NÃO grego moderno, que difere tanto do grego koiné quanto o italiano difere do latim) e sânscrito das históricas, e alemão e japonês da era moderna. O japonês tem um impacto cultural profundo com certeza seria a língua mais estudada de longe após o inglês, o espanhol e talvez o francês se ela não estivesse entre as mais difíceis de serem aprendidas do mundo, já que você precisa conhecer as inúmeras possíveis pronunciações de cada kanji, e são milhares para aprender não apenas a ler como escrever na ordem certa.

Uma língua que eu gostaria de citar devido à sua diáspora enorme, fonologia simples, gramática alien mas com certeza não mais impossível de dominar que a eslava ou alemã (que dirá basca, finlandesa, turca ou húngara) e força em um país que só tende a aumentar em população e que já é enorme é o tagalo, na prática a língua franca e oficial das Filipinas, mas os filipinos são obrigados a aprender inglês, embora tecnicamente seja uma situação similar à da Índia. Entretanto, as Filipinas são basicamente uma parte riquíssima que mora no centro e aí é só favela e mato, não tem classe média como na América Latina, você só precisa usar tagalo pra falar com quem é pobre, e eles não têm nem de longe a mesma projeção geopolítica, econômica e tecnológica que a Índia.

Na minha lista, eu excluiria o português pois já o domino nativamente, excluiria espanhol pois já sou conversacional no mesmo (eu faço portunhol sim, mas menos que outros brasileiros), excluiria o híndi para falar sânscrito, já que falando sânscrito eu poderia facilmente aprender híndi (e falando-o melhor do que a vasta maioria dos indianos, mesmo muitíssimos nativos de híndi-urdo) e excluiria o francês pois pra mim seria muito simples tendo português, espanhol, inglês, latim e um básico de italiano como bases (e eu já leio textos em francês quase fluentemente só sabendo as três primeiras e tendo um pouco de cultura geral).

Pois minha lista final fica sendo 1. árabe 2. alemão 3. russo 4. mandarim 5. sânscrito 6. japonês 7. latim 8. grego koiné 9. indonésio e por fim 10. indeciso entre farsi ou tagalo (depende de quem parece mais promissor, o Irã ou as Filipinas, é uma questão geopolítica difícil de prever). Mas isso falando por mim, afinal sou brasileiro e posso dominar outras línguas latinas com facilidade. Imagino que essas línguas citadas na postagem original meio que caiam do céu todo ano feito milagre, afinal ninguém aprende japonês em um ano, nem os próprios japoneses.

Adendo final é que na 10 eu provavelmente escolheria tagalo já que por razões pessoais eu realmente não caberia bem no Irã a menos que eles tivessem uma primavera democrática laica (por um degrau muito menos extremo de repressão das liberdades individuais eu nem considerei turco, embora a Turquia certamente prometa no século 21, assim como o México e a Índia; esse tema também é a principal razão pela qual eu coloquei o alemão tão próximo do primeiro lugar e o indonésio em penúltimo).


https://www.duolingo.com/profile/DarkThemeNT

Inglês, alemão, francês e espanhol.


https://www.duolingo.com/profile/BringMtheHorizon

Já que não pode o English, eu acredito que seja o Espanhol.


https://www.duolingo.com/profile/WaniaC1

Inglês e espanhol. Estou procurando um emprego de gestão e muitos exigem inglês fluente.


https://www.duolingo.com/profile/_murilofm

Depende! Na minha área, TI e Telecom inglês é essencial e chinês logo se tornará importante também, mas estudo só inglês, espanhol e alemão que também entram na lista. Chinês deixo para depois.

A área de trabalho diz muito quais idiomas são melhores. Tem pesquia que destaca isso na internet.


https://www.duolingo.com/profile/blurflux

Você não acha que poderia incluir o alemão e o russo? Acho que eles foram mais importantes historicamente do que o mandarim será.


https://www.duolingo.com/profile/luancrz

te dei dois lingots só pelo tanto de idiomas que você faz


https://www.duolingo.com/profile/PearceMake

Olha, voce só precisa aprender 2 idiomas em geral. Ingles + outro. No caso brasileiro o melhor é ingles + espanhol. Mas tudo depende. Se voce tiver buscando um intercambio ou um mestrado no exterior é bom aprender o idioma de lá (embora eles aceitem apenas ingles.) . Eu considero que o ideal é falar o idioma nativo e outros 3 idiomas (tendo que ser fluente em apenas 2 deles). Pois é importante ter uma "lingua estranha" para ver o mundo de forma diferente. Ou seja, Indispensavel somente: 1. Ingles.

Aprenda um idioma em apenas 5 minutos por dia. De graça.