O Duolingo é a melhor maneira do mundo para aprender idiomas. O melhor de tudo: é 100% grátis!

https://www.duolingo.com/luiz.calheiros

Iniciação à IX - Diminuindo o sotaque

Anteriormente trabalhei o estudo fonético da língua inglesa (I, II, III, IV, V, VI, VII, VIII) explicando o que é o IPA, quais são as diferenças entre inglês e português no quesito fonemas, quais os sons mais comuns, quais as regras básicas da pronúncia, as exceções, expus parágrafos em IPA e... falei sobre sotaque e que podemos reduzi-lo.

Reduzindo o sotaque

Como não sei qual é o problema de cada um e não dá para explicar O N exercícios que existem, vamos ao que é comum para iniciantes. são exercícios e dicas que se deve por em prática todos os dias.

Tensão

Primeiro você não pode estar tenso, relaxar promove naturalidade à fala. Então, massageie seu pescoço, faça movimentos aleatórios com a boca a fim de que sua musculatura fique mais flexível (está professora dá o exemplo, e esfregue as mãos e as repouse sobre o pescoço e bochechas (é a melhor forma de aquecê-los, ao natural). Não se preocupe, você não precisa fazer isso em público.

Escutar a si mesmo

Se vai começar esse treinamento, então deve escolher uma frase (curta) e um parágrafo (umas 5 linhas, pelo menos) e gravar a si mesmo. Isso vai prover provas de que o sistema funciona e, se você prestar atenção, pode tornar-se hábil de identificar erros na reprodução dos exercícios para corrigir e aprimorar.

Problema de brasileiros

A palavra de ordem é saia da garganta. Nós levamos muito o sons para a nossa garganta, entretanto tanto inglês britânico e americano pedem um som mais "limpo", cujo ar passe dos pulmões para as cordas (onde vibram) e sejam moldados na boca. Se você colocar a mão sobre seu pescoço e recitar as vogais poderá perceber que a vibração "desce" a garganta de A para U.

Use seu palato mole

Para moldar os sons na boca é preciso criar um espaço esticando o palato mole. Palato é o céu da boca, o mole (se tocar com a língua verá onde está) vai até a "goela"; ao esticá-lo ele sobre e forma uma concavidade. Se colocar seu dedos entre mandíbula e os lóbulos das orelhas e bocejar sentirá a presença de um espaço, ele surge quando o palato está muito esticado (não serve para a fala, mas sim para exercícios). Criando espaço.

Treinando sons

Se um som não sai direito, ou você não consegue identificá-lo é sempre bom treinar. Separe sons individuais [ɔɪ] ("oi" aportuguesando) adicione um [w] => [wɔɪ] e pronuncie com o maior número de notas (dó, ré, mi...) possíveis (o w e a vogal seguinte aparecem mais). para o caso de não conhecer as notas. 10 minutinhos diários é o suficiente.

Dica: ao treinar as vogais use essa tabela e vá adicionando sons conforme dominar a classe anterior.

Menos nasalização

Bem simples: pegue a vogal dobre ela e de ênfase à primeira, ex dong /dɔŋ/ => do-ong /'dɔ-ɔ̃ŋ/, pois basicamente isso te dá mais tempo de vogal não nasal.

Voz tremida

Caso durante os exercícios sua voz trema (ocorre muito), use o "ha-ha-ha-ha-ha-ha-ha" (um "ra-ra-ra-ra-ra-ra-ra-ra" de aportuguesando).

Voz monótona ou mudança de timbre

Caso você não tenha uma amplitude vocal ou seu timbre não ajude e possível trabalhar isso. Usando os sons [a], [ɔ] e [u] você pode treinar o agudo. Todavia [e], [i] e [u], pode treinar o grave.

Espero que ajude. Deixei vários links. aqui encerro a iniciação à fonética. Quem sabe me aprofunde mais a diante.

See ya!

4 anos atrás

0 Comentários