O Duolingo é a melhor maneira do mundo para aprender idiomas. O melhor de tudo: é 100% grátis!

https://www.duolingo.com/MonteiroAlex

20 Dicas para acelerar o aprendizado de um segundo idioma

MonteiroAlex
  • 25
  • 25
  • 25
  • 25
  • 25
  • 25
  • 4
  • 2
  • 650

Você já deve estar cansado de saber que falar duas ou mais línguas é um grande trunfo para o processo cognitivo. O cérebro de pessoas bilíngues funciona de forma diferente dos demais, e essas diferenças oferecem vários benefícios mentais, profissionais e sociais. Hoje em dia, falar inglês por exemplo, deixou de se tornar um diferencial no currículo, para se tornar uma obrigatoriedade comum. O mercado de trabalho pede por pessoas bilíngues, e como já diria Darwin, ou você se adapta, ou você morre.

No entanto, cursos de idiomas são sempre caros, incapazes de se encaixar na nossa rotina, e tendem a demorar muito. Pensando nisso, e confiando no poder do autodidatismo, vou te mostrar agora, que é possível aprender um segundo idioma sozinho.

Está preparado? Então pegue o seu caderninho e vamo simboraanotar as nossas regrinhas básicas rumo a fluência de um novo idioma. Olha aí:

1) Apps, apps e mais apps!

Essa é a hora que eu deveria indicar dicionários e/ou livros, mas acredito que aplicativos para smartphones suprem a necessidade tanto quanto. Ter a disposição um aplicativo de tradução, ou se possível, um “learning app” que te ensine o idioma, é essencial, independente da língua que você escolha para falar.

O aplicativo Duolingo, por exemplo, é capaz de te ensinar desde o básico do básico até o nível mais avançado de um idioma, tudo isso de maneira cronológica e divertida (você encara o aprendizado como se fosse um game). Caso o idioma que você queira aprender não esteja disponível no Duolingo, procure por outros aplicativos. Reserve um tempo do seu dia (todos os dias) para brincar com aplicativos de idiomas, e divirta-se.

2) Vocábulario diário

Decorar o significado de palavras é, provavelmente, a parte mais difícil de se aprender um novo idioma. Quando você faz um curso, você é bombardeado por algumas palavras, e precisa aprende-las para realizar um teste ou pular para a próxima etapa de aprendizado. No estudo autodidata, você pode escolher as palavras que vai aprender. Escolha de 3 a 10 palavras por dia, traduza-as com o auxílio da internet, e repita-as várias vezes por dia em voz alta. Gravar 50 palavras em uma semana para realizar uma prova é difícil, mas gravar 5 palavras ou expressões por dia é extremamente fácil e prático.

3) Músicas, séries, vídeos, filmes e games!

Quem é que não gosta de uma boa música, um filminho ou uma série? Embora essas possam parecer atividades de lazer que você faz em um momento de descanso, se aplicadas da maneira correta podem te trazer grandes resultados a médio prazo. Esqueça filmes dublados, músicas nacionais ou games traduzidos. Use tudo no idioma que você quer aprender, se alimente do idioma.

Assista à um filme com legenda em português, depois assista-o novamente com a legenda em inglês (caso queira aprender inglês), e depois assista-o uma última vez sem legenda. Repita isso com várias obras, e o seu “listen” será altamente treinado.

4) Faça amiguinhos online

Fazer amizades estrangeiras online é a forma mais fácil de entrar em contato com uma cultura diferente da sua, e consequentemente treinar um idioma não-nativo. O site Livemocha é um excelente exemplo de rede social colaborativa para essa finalidade. Com ele, você pode, dentre outras coisas, criar redes de amigos apenas com pessoas de outros países, e aprender diretamente com elas a falar uma nova língua. Outros sites, como o Health Month, uma rede social sobre saúde no idioma americano, ou então o Chatroulette, que permite que usuários do mundo inteiro conversem através da webcam, unem o útil ao agradável e são capazes de exercitar a fala, a escrita e a escuta com peculiaridades incríveis.

5) Vai um livro estrangeiro?

Ler um livro inteiro em uma língua estrangeira quando ainda não se possui fluência pode parecer meio complicado em um primeiro momento, mas é uma excelente oportunidade de aprendizado. Comece a ler o seu primeiro livro no idioma que quer aprender (comece com livros curtos, infantis).

O primeiro livro será evidentemente difícil. Não se importe em parar quando achar necessário e buscar o significado de alguma palavra cabulosa, mas não faça isso sempre. Siga o contexto do autor. Permaneça com a leitura até o final do livro, e preocupe-se em entender toda a história que o cerca. Assim que você ler o segundo livro, perceberá uma facilidade ainda maior, que aumenta no decorrer das próximas obras.

6) Coloque seus amigos e família na brincadeira

Faça uso do idioma durante o seu dia-a-dia. É quando você pode errar. Converse com amigos e parentes em outro idioma, use saudações e expressões comuns durante o seu dia, e explique o significado sempre que alguém te perguntar “cara, que caralhos você tá falando?”.

Se você possuir algum amigo que tope entrar na rotina de aprendizado com você, melhor ainda! Não tenha medo de tentar diálogos longos em outro idioma, se isso não for possível por falta de prática, tente reproduzir diálogos que vocês viram em filmes ou vídeos, afim de treinar a pronúncia e velocidade da fala.

7) Dê aulas a si mesmo

Cursos de idiomas são separados em níveis, grades de estudos e assuntos de cada semestre. Procure esses dados na internet. Busque saber como se estrutura o curso que você gostaria de fazer e organize-se como se você fosse dar aula.

Uma excelente forma de se organizar é fazendo uma planilha no Excel (alô Microsoft, ó o merchan grátis). Separe diariamente de 30 minutos a 2 horas para o seu estudo de idioma (e não esqueça de praticar durante todo o dia). Defina pequenas metas no seu aprendizado, comemore todas que você alcançar (com toddynho), e não se esqueça de treinar a parte chata da língua, ela é chata (gramatical), mas é essencialmente importante.

8) Viva a cultura alheia

Não conheça apenas a língua estrangeira, conheça também a cultura. Ou vai me dizer que você fala inglês e não sabe o dia da independência dos Estados Unidos? Fala mandarim e nem sabia que a China era comunista? Fala francês e não conhece a revolução francesa? Estude mais. Mais e mais.

Aprender um novo idioma significa, essencialmente, aprender uma nova cultura. Pesquise datas importantes, moeda, política, como são e como vivem os habitantes do país. Isso fará com que você mergulhe de cabeça na realidade estrangeira, e facilitará muito no aprendizado da linguagem. Se possível, claro, visite um país que fale a língua que você quer aprender!

9) Comece ontem!

Por que diabos ainda não começou sua maratona de aprendizado? Já deveria ter começado. Comece hoje! Comece agora! As oportunidades, principalmente no mercado de trabalho, surgem do nada e desaparecem com a mesma facilidade. Você precisa estar pronto o quanto antes, e a melhor forma de fazer isso é começando já!

Para me ajudar nos estudos, programei meu celular para me lembrar de estudar idiomas todos os dias, durante uma hora, às 14 horas, às 18 horas e às 22 horas. Claro que não vou estudar todos esses horários, mas pelo menos em um destes, não estarei ocupado e poderei focar nos meus objetivos. Programe sua rotina e leve-a a sério. Finja que está pagando. Faça de conta que a vida da sua mãe depende do aprendizado de uma nova língua.

10) Você só depende de você!

À partir do momento que você decide aprender um novo idioma, você passa a depender exclusivamente de você mesmo. Não é fácil, mas é possível. Você pode aprender um novo idioma em 6 meses ou 6 anos. Você quem decide. Pode parecer clichê dar essa dica, mas empenhe-se e dedique-se ao máximo no aprendizado, e você se surpreenderá com os próprios resultados. E não esqueça, a vida da sua mãe depende disso.

11) Mude o idioma das coisas

O seu windows está em português? E os menus do seu celular? E da sua televisão? E do seu facebook? Troque tudo para o idioma que você quer aprender! Ao trocar o seu Facebook para inglês, por exemplo, você imerge em um contexto estrangeiro, melhora a sua leitura e interpretação sem dificuldades, e de quebra ainda dá uma de cult utilizando seus componentes eletrônicos fora do seu idioma nativo.

12) Use e abuse de post-its

Sabe aqueles papéizinhos que possuem um dos lados adesivos, e você encontra em qualquer papelaria? Eles podem ser a chave mestra para você aprender qualquer idioma! Cole inúmeros papéis destes em vários objetos para aprender vocabulário, ou escreva perguntas e regras gramaticais que você está com dificuldade em aprender. Toda vez que você olhar para o papel, você vai ler oque está escrito e com o tempo, memorizar aquilo.

13) O Youtube é seu pastor, e nada lhe faltará

Existe um ditado que diz que o Youtube é o melhor professor do mundo. Com o youtube, você pode assistir a diversas aulas de diferentes idiomas, aprender regras gramaticais e melhorar a sua capacidade de ouvir e compreender o idioma.

14) Trace uma meta

Trace uma meta grande para você mesmo, e dentro dela, trace metas menores. Que tal, por exemplo, se você se prometer uma viagem para o exterior assim que você aprender a língua fluentemente? E dentro dessa meta, porque não estipular que você deve aprender um tempo verbal a cada dois meses? A princípio pode parecer idiota você prometer alguma coisa para si mesmo, mas quando você desanimar é isso que vai te motivar a continuar.

15) Converse com seu amigo imaginário

Essa é a hora que você tem que bancar o esquizofrênico. A única forma de aprender a falar um novo idioma (pasmem) é falando-o. Na falta de alguém para conversar, aproveite seus momentos de solidão para conversar com você mesmo (ou com um amigo imaginário, se preferir). Ache um espelho e não tenha medo de forçar diálogos em voz alta (no idioma que você quer aprender, claro) com o seu clone do outro lado. Acredite, ninguém será tão exigente com você, quanto você pode ser consigo mesmo.

16) Faça o seu “language-day” uma vez por semana

Escolha um dia da semana, e neste dia, tudo que você pensar em fazer vai ser feito em outro idioma. Deixe avisado para os seus amigos mais próximos e seus parentes, que neste dia você não será mais brasileiro, e mergulhará rumo a fluência em outro idioma. Pense, escreva, escove os dentes, durma, assista, navegue em sites e até namore no idioma que você quer aprender. Este será o dia mais importante da sua semana. Repita isto várias e várias semanas. Se a sua família topar entrar na brincadeira, vocês podem estipular uma “multa” simbólica, de um ou dois reais, para quando alguém falar português.

17) Faça tudo com emoção!

Você sabia que quando fazemos alguma coisa com emoção, uma parte “extra” da nossa memória é ativada e temos mais facilidade e lembrar das coisas? Inclusive em alguns cursos de idiomas, os alunos recebem uma “aula de teatro” e interpretam diálogos com brigas, já que estes melhoram o aprendizado. Sendo assim, se você fazer uso da emoção para decorar uma palavra nova, por exemplo, as coisas ficarão bem mais fáceis para o seu lado. Portanto, certifique-se de que não tem ninguém por perto, e grite o mais alto que conseguir aquelas palavras que você tem dificuldade de pronunciar!

18) O idioma entra pelo ouvido

Você pega metrô/ônibus para ir para o trabalho ou para a escola? Aproveite este tempo e escute podcasts e audiobooks no idioma que você quer aprender. Em um primeiro momento, isso pode parecer complicado, e você pouco entenderá do que está sendo dito, mas não se apavore! Lembre-se que uma criança aprende a falar um idioma apenas ouvindo seus pais e familiares falar. Mesmo que você não consiga compreender o contexto das conversas, escutar já será o suficiente para você se acostumar com o idioma, com a intonação e com a pronúncia de algumas palavras.

19) Memes são sempre mais engraçados em outro idioma

Sabe aqueles memes que costumam bombar na internet, e se resumem a uma fotografia com uma ou duas frases? Pois então, praticamente todos eles nascem em fóruns americanos e se espalham pelo mundo. Que tal ir buscar estes memes diretamente na fonte? O site 9gag por exemplo, publica todos os dias dezenas destes memes em inglês, e você só precisa tentar entendê-los. O legal aí, é que além de vocabulário, você treina expressões populares!

20) Aprenda um outro assunto em outro idioma

Aprender apenas o espanhol em espanhol, ou apenas o inglês em inglês pode não ser a melhor estratégia para saber se você está no caminho certo. Que tal dar uma estudada na segunda guerra mundial, em trigonometria ou em relações humanas, diretamente no idioma que você quer aprender? Isso fará com que você foque em outro assunto, e a língua estrangeira se torne apenas um detalhe, haja vista que a mesma não é a prioridade.

E o nosso desafio para você, é que você deixe-nos um comentário logo aí em baixo em outro idioma, sem usar o Google Tradutor! Será que você consegue?

Até a próxima pessoal

By - Operários da Web

Outros Posts:

https://www.duolingo.com/comment/4236346 https://www.duolingo.com/comment/4270799 https://www.duolingo.com/comment/4325601

Gostou da Dica??? CLIQUE NA SETINHA ^

124
3 anos atrás
14

73 Comentários